#culturagerafuturo

Inspirado no SXSW, Festival Path foca em criatividade e inovação

por admin | 9 de Maio de 2018 | Notícias

A programação do evento, que ocorre em São Paulo neste mês, inclui workshops, 300 palestras, feira de games e gastronomia

Um espaço dedicado à criatividade e à inovação. Assim é o Festival Path, que ocorrerá, em São Paulo (SP), nos dias 19 e 20 deste mês. A sexta edição do evento, ainda com inscrições abertas, traz como mote “ideias que trocam ideias” e promove o intercâmbio de experiências nas mais diversas áreas, que vão da tecnologia ao urbanismo. A expectativa é que 20 mil pessoas passem por lá.

A programação inclui workshops, 300 palestras, feira de games, gastronomia, robótica e empreendedorismo. Com atividades parcialmente gratuitas, o público poderá ainda participar de shows, happy hours e sessões de cinema. As atividades acontecem, simultaneamente, em diferentes pontos do bairro de Pinheiros, como o Instituto Tomie Ohtake, Fnac e Escola Britânica de Artes Criativas (EBAC).

Rafael Vettori, organizador do festival Path, explica que o evento foi inspirado no South by Southwest (SXSW). A iniciativa americana é dedicada à economia criativa, tecnologia e inovação e ficou famosa por lançar empresas como Twitter, AirBnB e Uber.

“O Festival Path nasceu após uma incursão nossa no SXSW. Notamos que faltava aqui no Brasil um incentivo para profissionais de várias áreas”, explica Vettori. “Víamos que as pessoas que trabalham com games iam a um festival só de games e assim acontecia com outras áreas. Não havia um evento que reunisse todas os setores, em que todos pudessem ir e aprendessem a trocar experiências”, completa.

Para o organizador, a criatividade não apenas permeia diversas áreas do cotidiano, como é portadora de soluções. “A economia criativa teve muitas definições já desde que o termo foi cunhado. Particularmente, acho que ela serve mais para propor e enxergar novas soluções para o que a vida moderna nos traz”, afirma.

Serviço
Festival Path 2018
A programação completa e a compra de ingressos para as atrações pagas estão no site https://www.festivalpath.com.br/
Data: 19 e 20 de maio
Local: bairro de Pinheiros, São Paulo, SP
Ingressos: a partir de R$ 120,00 (Workshop) e R$249 (palestras, no terceiro lote)

Confira alguns destaques da programação:

Palestras
São mais de 300 palestras, com temas e formato variados, há falas solos, painéis, bate-papos, debates e entrevistas.

Feminismo e LGBTQ+ na Cultura Pop: os participantes do painel formado pela cantora pop Geo., pela psicóloga e educadora social Mayra Ribeiro, pelo escritor LGBT Alexandre Rabelo e pelo blogger e jornalista Ali Prando pretendem se debruçar e revirar videoclipes, letras de músicas e fatos biográficos e icônicos de artistas como Madonna, Beyoncé, Lady Gaga, Simone de Beauvoir, entre outras, pensando o que tem em comum e também em discordância com as filósofas feministas. Dia 20/5, das 13h15 às 14h15, no Ballroom 2;

A potência do Vale do Silêncio: em contraponto ao Vale do Silício, um grande ponto de criação das tecnologias-chave, existe do lado de cá o Vale do Silêncio – periferias, morros e vielas – com capacidade de integrar suas estratégias de inovação nos territórios periféricos. Para discutir este tema formam o painel Bruno Brigida, criador do clube de moda preta, Rouseanny Luiza, cientista social e fotógrafa, e Taissir Wilkerson Linhares Carvalho, fundador do Embarcar e ex-morador de uma comunidade ribeirinha no Pará. Dia 19/5, das 15h45 às 16h45, no Ballroom 4;

Mi Casa, Su Casa: conheça o Movimento Coliving: a ideia de casas compartilhadas está atraindo muita gente, seja para economizar uma grana, conviver em grupo e trocar ideias. Falam neste painel Samuel Gonzales, co-fundador da empresa Comida Sustentável, Pedro Araujo Mendes, educador, consultor e facilitador de processos de grupos, e Ana Laura Macedo, criadora da Casoca, um co-living do Rio de Janeiro. Dia 20/5, das 9h30 às 10h30, no Ballroom 2;

Papai é Pop: é uma sessão literária onde o autor do best seller Marcos Pianger fala sobre o livro e conta suas histórias engraçadas. Dia 19/5, das 11h15 às 12h45, na EBAC 4.

Operando Bitcoin: Compra e Venda!: Esta oficina dada por Fausto Vanin, renomado profissional da Transformação Digital e da Inovação, vai abordar um dos temas mais atuais e ensinar na prática como operar com esta moeda virtual. Dia 20/5, das 14h30 às 16h30, na EBAC 7.

Shows
Durante todo o fim de semana, com entrada gratuita, acontecem shows variados com artistas da cena atual e festas para dançar.

Dona Onete: a paraense conhecida como a “diva do carimbo chamegado” se apresenta no dia 20/5, das 19h00 às 20h00, na Praça dos Omaguás; Outros paraenses também marcam presença no Festival: Juliana Sinimbú e Lucas Estrela.

Batekoo: é uma festa de produção independente que faz todo mundo dançar ao som de hip hop, funk, R&B, trap, twerk kuduro. No dia 20/5, das 15h00 às 21h00, na Praça Professor Resende Peuch;

Coutto Orchestra: é uma micro-big-band de Aracajú formada por três instrumentistas que misturam o maracatu de brejão, a taieira e o forró com gêneros musicais do mundo e elementos eletrônicos, no dia 20/5, das 16h00 às 17h00, na Praça dos Omaguás;

Tássia Holsbach: a cantora e compositora mato-grossense, que se projetou com o sucesso “Tão bem”, relançado em parceria com a Vevo, mostra as canções de seu primeiro álbum solo intitulado Tássia. Dia 19/5, das 16h00 às 17h00, na Praça dos Omaguás.

Workshops
São aulas práticas, de 4 horas de duração, dadas por artistas renomados e reconhecidos em suas áreas.

Caligrafia Flat Pen: dado pelo designer com formação industrial Carlos Siqueira, este workshop vai abordar letras e caracteres feitas à mão, passando por técnicas e a exploração da Flat Pen e novos materiais. Dia 19/5, das 10h00 às 14h00, na Sala Tomie Ohtake 1 (R$ 132,00);

Stencil: esta oficina dada por Ricardo Tatoo, vai ser ensinado como desenvolver moldes stencil, técnicas de criação, corte e pintura nas técnicas de grafiti. Dia 19/5, das 15h00 às 19h00, na Sala Tomie Ohtake 1(R$ 132,00);

Lambe-lambe: o casal de ilustradores que assina seus trabalhos como Marmota Vs Milky vai ensinar como criar, produzir, recortar, escalonar, montar e colar fotografias, colagens ou ilustrações; também discute o papel do lambe-lambre como intervenção urbana. Dia 20/5, das 10h00 às 14h00, na Sala Tomie Ohtake 1 (R$ 132,00);

Lettering: Karol Stefanini, designer, artista e blogueira, é quem dá este workshop sobre os conceitos e técnicas da ret do lettering, espécie de escrita artística. Dia 20/5, das 15h00 às 19h00, na Sala Tomie Ohtake 1 (R$ 132,00).