#culturagerafuturo

Três filmes brasileiros são selecionados para o Festival Sundance 2019

por admin | 30 de novembro de 2018 | Notícias

“Amor Divino”, de Gabriel Mascaro; documentário sobre o impeachment, de Petra Costa; e “Abe”, de Fernando Grostein, participam do evento

O prestigiado Festival Sundance, que ocorre entre 24 de janeiro e 3 de fevereiro nos Estados Unidos, terá presença brasileira. Três produções nacionais – “Amor Divino”, de Gabriel Mascaro; um documentário (ainda sem título) sobre o impeachment de Dilma Rousseff, de Petra Costa; e “Abe”, de Fernando Grostein Andrade – foram selecionados para participar do evento.

“Amor Divino” conta a história de uma mulher profundamente religiosa que é escrivã de cartório e usa sua posição no trabalho para tentar salvar casais prestes a se divorciar. Joana (interpretada por Dira Paes) faz tudo em nome de um projeto maior de fé dentro da fidelidade conjugal. Enquanto espera por um sinal em reconhecimento pelos seus esforços, é confrontada com uma crise no seu próprio casamento, o que termina por deixá-la ainda mais perto de Deus.

Gabriel Mascaro ganhou destaque mundo afora com a obra “Boi Neon”, filme produzidos a partir do Edital de Longa-Metragem de Baixo Orçamento de 2011, lançado pela Secretaria do Audiovisual do Ministério da Cultura (SAv/MinC). O longa venceu o Festival do Rio 2015 em diversas categorias. Além disso, foi selecionado para festivais nacionais e internacionais, incluindo o de Veneza.

Para o diretor, estrear “Divino Amor” em Sundance “é de uma alegria imensa por ser um festival nos Estados Unidos que dá voz ao cinema de arte mundial e tem sido uma plataforma de lançamento incrível de filmes brasileiros. A estreia será marcante porque o país também abriga uma forte cultura gospel, tema de fundo do filme”.

Outra obra brasileira no Festival Sundance, na categoria “Kids”, é “Abe”, de Fernando Grostein Andrade. Um menino, interpretado por Noah Schnapp, é aprendiz de um chef brasileiro – interpretado por Seu Jorge – e usa a gastronomia para unir a família. A direção de fotografia é assinada pelo veterano italiano Blasco Giurato, do clássico “Cinema Paradiso” (1988).

Por fim, outro título nacional que marcará presença pelas bandas americanas é o documentário sobre o impeachment de Dilma Rousseff, de Petra Costa. O longa faz sua estreia no Festival de Sundance e compete na mostra de docs internacionais.

Festival  Sundance
O festival é mais um exemplo de como a Cultura gera futuro. Em 2018, o Sundance atraiu 124.900 participantes de 49 estados dos EUA e de 26 outros países. Gerou US$ 191,6 milhões em atividades econômicas para o estado americano de Utah e 3.323 empregos locais.

Para a edição de 2019, foram selecionados 112 filmes de longa-metragem, que representam 33 países e 45 produtores estreantes. Ao todo, foram 14.259 inscritos. Confira aqui  mais informações e a lista completa dos filmes.

(Crédito da foto: Amor Divino / Divulgação)